A dona de casa Flávia Coutinho pede socorro para o filho viciado em internet. Ele tem 18 anos e não quer se identificar. Há mais de 5 anos, o jovem se esconde atrás da tela de um computador, onde encontrou refúgio longe dos problemas que começaram na infância, na escola, quando ele foi vítima de bullying. O rapaz não sai mais de casa, no Centro de Vitória, Espírito Santo.

A mãe conta que o rapaz sofre muito, está abaixo do peso, não se cuida, não come, nem dorme direito. “Ele sofreu muito bullying na escola e era chamado de mongol. Diziam que ele era feio e que tinha muita espinha. Colocavam ele lá embaixo. Na verdade, ele tem déficit de aprendizagem e problema na fala. No mundo virtual, ele encontrou alguém que não critica ele. Meu filho ganhou uma identidade”, disse.

“Ali, tenho amigos e sou melhor que na vida real”
Jovem viciado em internet

Leia a matéria completa no G1.

Comentários

“Os comentários são feitos pelo Facebook, então comente com moderação e evite tumultuar a discussão! Tks!”

Este site é um blog de humor e entretimento, muita coisa aqui é piada e não deve ser levado a sério! Caso você tenha se ofendido com alguma coisa no blog, utilize o botão ‘X’ no canto superior direito do seu navegador. Todos os comentários e opiniões de terceiros não expressam necessariamente a opinião dos editores do blog.

Divulgue

  • Leitores do Comicozinho

  • PageRank