Coisas-da-vida

 

O amadurecimento da cidadania do consumidor brasileiro está levando aos balcões do PROCON casos inimagináveis num passado recente. A insatisfação com bens de consumo ou serviços que antes residiam apenas no campo da intimidade hoje estão tramitando nas juntas de conciliação e até mesmo nos juizados especiais do consumidor.

Em Vila Velha-ES um radialista de 43 anos acionou o PROCON por ter comprado uma bomba peniana que prometia o crescimento do pênis em até 8 centímetros. Além da bomba não cumprir o prometido o pênis do radialista sofreu ruptura de vasos sanguíneos, danos vasculares, disfunção erétil e gangrena. Hoje ele busca uma indenização financeira para custear o tratamento de recomposição davirilidade perdida.

Uma professora aposentada de 63 anos moradora da Região dos Lagos no Rio de Janeiro procurou o PROCON apresentando queixa contra um garoto de programa que nas fotos do site se mostrava bem dotado e na realidade estava bastante abaixo da média brasileira. Apesar de o processo comprovar a manipulação das fotografias por meios digitais a professora não obteve êxito por não possuir a nota fiscal do serviço.

Uma modelo paulista de 19 anos recentemente buscou no PROCON informações para processar uma clínica de estética por um trauma causado em suas sessões de depilação anal. A cera quente utilizada no procedimento depilatório provocou hemorroidas externas de grau avançado que a impedem de fazer trabalhos fotográficos de moda praia e fitness, que antes eram sua principal fonte de renda.

Cada vez mais a justiça se debruça sobre a intimidade do brasileiro. A questão crucial é entender se é de fato um amadurecimento da cidadania ou uma regressão dos valores morais.

 

Comentários

“Os comentários são feitos pelo Facebook, então comente com moderação e evite tumultuar a discussão! Tks!”

Este site é um blog de humor e entretimento, muita coisa aqui é piada e não deve ser levado a sério! Caso você tenha se ofendido com alguma coisa no blog, utilize o botão ‘X’ no canto superior direito do seu navegador. Todos os comentários e opiniões de terceiros não expressam necessariamente a opinião dos editores do blog.

Divulgue

  • Leitores do Comicozinho

  • PageRank